Pular para o conteúdo principal

Feng Shui e Cromoterapia


Para mostrar a riqueza de detalhes e a influêcia das cores nos ambientes, iremos explicar seus efeitos através da ótica do Feng Shui, cromoterapia e decoração.


BRANCO

Decoração: Um ambiente todo branco, para algumas pessoas, pode trazer prazer e calma, e para outras, frieza, tristeza e impessoalidade. O branco nos passa também uma sensação de limpeza, até exagerada. O branco só é branco, quando recebe uma luz intensa direta.

Cromoterapia : Ela potencializa as demais cores. Representa a luz divina.

Feng Shui: É uma cor neutra, que pode ser usada em qualquer ambiente. Muito cuidado quando o branco aparece em demasia em um ambiente, pois nos passa uma sensação de infinito, frieza, vazio e hostilidade. Deve-se quebrar o branco com quadros e móveis bem coloridos.

PRETO E CINZA

Decoração: É usado em pequenos detalhes, principalmente quando queremos fazer um "efeito especial", tanto dentro, como fora da casa. Ainda na área interna, é usado para fazer contrastes, principalmente com o branco. Muito usado no teto com pé direito muito alto, para dar a sensação de rebaixo.

Cromoterapia: É o oposto da luz, a escuridão total.

Feng Shui: É opressivo e depressivo. Representa o elemento água e deve se usar com muito cuidado. Em geral, é usado em pequenos detalhes na casa.

VERDE

Decoração: É uma cor muito usada. No chão, nos lembra a natureza. Não incide muita luz, mantendo a cor original. Em locais abertos, complementa madeira e jardins.

Cromoterapia: É a cor da natureza, traz força equilibrada e progresso mental e corporal. Acalma o sistema nervoso e os sentidos. Também significa esperança e satisfação.

Feng Shui: É uma cor neutra que representa o elemento madeira. Muito cuidado em usar a cor verde em locais que predomina o vermelho, pois teremos um local muito quente. Deve-se usar nos banheiros para elevar a energia deste local. Para casas que abrigam pessoas com problemas de saúde, o verde é uma ótima opção.

LILÁS/VIOLETA

Decoração: Tons mais claros podem ser usados em todos os ambientes. Se for uma cor monocromática, pode cansar.

Cromoterapia: Tem efeito purificador, tranforma as energias negativas em positivas. Ótimo para a saúde. Acalma o coração, a mente e os nervos.

Feng Shui: Traz tranquilidade, sossego e calma. Estimula a espiritualidade. Nas casas, deve ser aplicado em locais de meditação e oração. Em excesso, pode trazer depressão e ansiedade.

LARANJA

Decoração: Inconscientemente, lembra sabores agradáveis, sendo muito usado em cozinhas. Abre e estimula o apetite. Pode ser usado na sala de jantar, em uma só parede, em tons bem suaves. Em tons mais escuros, sugere estabilidade.

Cromoterapia: Auxilia a mente a assimila novas idéias, mas deve ser usado com certo cuidado.

Feng Shui: Em pequenas doses, estimula os sentidos, a criatividade e a comunicação. Boa para áreas da casa que quer se estimular o diálogo, como sala de visitas, de jantar e cozinhas. Em excesso, pode provocar conversas demais e até rebeldia.

VERMELHO

Decoração: Muita atenção em seu uso, pois, por ser uma cor muito energética e vibrante, pode provocar excitação e nervosismo, quando aparece em excesso nos ambientes. Em pequenas doses, traz aos ambientes um ar de glamour e até exótico. Em demasia, cai para a vulgaridade.

Cromoterapia: Muito indicado para pessoas tímidas e retraídas porque estimula a atividade mental e quebra barreiras. Revigora a coragem e a força de vontade.

Feng Shui: Cor que ativa e estimula as áreas de relacionamento afetivo, sucesso, auto-estima, fama e prosperidade. Deve ser usado com muito cuidado e em pequenas doses, pois é uma cor excitante e estimulante. No quarto de casal, ativa a sexualidade. Na sala ou cozinha, estimula o apetite e a fala. Em excesso, provoca brigas, confusões e explosões de humor.

AZUL

Decoração: Pode ser usado em grandes áreas sem tornar-se cansativo, mas deve ser combinado com outras cores para evitar a monotonia. Mais escuro, transmite autoridade. Deve ser usado em ambientes formais.

Cromoterapia: Nos passa calma e serenidade. Também é asséptico e desestressante.

Feng Shui: É uma cor calmante e traz tranquilidade aos ambientes. Deve-se tomar muito cuidado em locais cujas paredes são pintadas de azul claro, pois pode provocar sono em excesso. Já, para quem é muito agitado, é uma boa opção.

AMARELO

Decoração: É muito usado para esquentar áreas escuras e para dar mais iluminação. Em pisos, provoca sensação de avanço. Em grandes áreas e superfícies, pode incomodar por causa da incidência de luz.

Cromoterapia: É uma cor que atua diretamente sobre o mental. É animador, inspirador e estimula o raciocínio. Ajuda no auto-controle. Fortalece os ouvidos e os olhos.

Feng Shui: É a cor da luz. Estimula a comunicação, atividades mentais e abre o apetite. Deve ser usado no quarto de estudo ou na criança. Na cozinha, em doses equilibradas. Em excesso, provoca muita conversa e pensamentos acelerados e confusos, provocando preocupação.

Escrito por Vera Caballero & Franco Cuizzetti
Consultores e Profº de Feng Shui, Bioenergias, Yoga e Oráculos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Cursos Online de Terapias Holísticas

Os Cursos à distância (EAD) de Terapias Holísticas que ofereço tem como objetivo levar ao conhecimento do aluno como tratar o indivíduo como um todo, trazendo o reequilíbrio emocional, físico, mental e espiritual. 
A minha proposta de difundir tais conhecimentos começou em março de 2011 e desde então muitas pessoas se beneficiaram com este aprendizado. O primeiro curso lançado foi de Florais de Bach (em 2011), sendo que foi o primeiro também realizado em sala de videoconferência, em 2013, tendo grande sucesso. Os cursos ofertados por este site enquadram-se na categoria de CURSOS LIVRES e são legalizados, conforme Artigos 205 e 206 da Constituição Federal, Lei nº 9.394, Decreto Presidencial nº 5.154 e Normas da Resolução CNE nº 04/99 – MEC. O ensino livre a distância é a evolução do aprendizado. Através dele, proporciono a meus alunos uma formação de qualidade, adequada à realidade do mercado de trabalho, baseada em um formato totalmente inovador, com aulas em tempo real. Os Cursos são da…

Curso Online de Terapia Floral de Bach

CURSO DE FORMAÇÃO EM TERAPIA FLORAL DE BACH 1. Apresentação Denominam-se “Remédios Florais de Bach” a série de 38 infusões naturais extraídas de flores silvestres da região de Gales, Grã-Bretanha, cujas propriedades curativas foram descobertas pelo médico Edward Bach entre os anos de 1926 e 1934. Os florais atuam transformando estados mentais e emocionais negativos em positivos. De uma maneira simples e eficaz, podemos transformar sentimentos como o medo, ansiedade, estresse, solidão, dentre outros, em virtudes opostas, como coragem, segurança, paz, felicidade e assim por diante. A profissão de Terapeuta Floral é definida pelo Governo Brasileiro, de acordo com a Comissão Nacional de Classificação (CONCLA) como Serviços de Terapia Floral, Código nº 8690-9/01, Atividades de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde Humana.
2. Público Alvo Este curso é indicado para terapeutas, estudantes, profissionais da área da saúde que buscam uma nova área de trabalho em Terapia Floral ou para qual…

O poder dos óleos essenciais

1. O óleo essencial de lavanda é um calmante natural que tem potencial efeito regulador do sistema nervoso. Combate insegurança, carência afetiva e insônia e é superseguro para ser usado em crianças e bebês. Pingue 05 gotas deste óleo essencial em 20 mL de óleo vegetal de semente de uva e massageie o abdome dos pequenos para aliviar cólicas e nervosismo ou ainda pingue 02 gotas do óleo essencial na água do banho para o mesmo efeito.


2. Ylang-Ylang resulta num óleo de essência afrodisíaca, estimulante dos sentidos.
Seu aroma floral é muito agradável. Cria uma atmosfera de romance que enternece o coração e facilita a expressão da afetividade. Ajuda bastante em casos de choque, pânico e depressão pós-parto aliviando as constrições da alma e reconfortando as mágoas.
Para uma noite terapêutica, pingue 01 gota no travesseiro e 01 gota nos lençóis. Relaxe e aproveite!


3. O alecrim veio do mediterrâneo. Seu nome de origem latina, 'rosmarinus', significa "orvalho do mar", pois …